Mudar a cor do cabelo? 8 dicas de como fazer sem agredir os fios

Mudar a cor do cabelo é um pedido comum nos salões de beleza. Muitas mulheres e homens desejam ter um visual diferente e recorrem, para isso, a tintas e tonalizantes. Contudo caso você não preste atenção à técnica utilizada pode acabar prejudicando os fios e sofrendo com queda e quebra.

Aqui no artigo separamos algumas dicas para quem quer garantir uma nova aparência, porém sem prejudicar a estrutura do cabelo. Por isso continue com a leitura para saber como fazer isso.

Mudar a cor do cabelo: tintura ou tonalizante?

Essa é uma das dúvidas mais comuns na hora de tingir os fios. Em termos gerais, o tonalizante é menos agressivo do que a tinta. Isso por que ele não possui amônia, substância química responsável por abrir a cutícula capilar para a penetração de novos pigmentos.

Sendo assim, quando você tonaliza os fios, a coloração não se fixa em profundidade. Isso é positivo porque evita perda de nutrientes, porém faz a cor durar por menos tempo, já que ela sai a cada lavagem. Além disso, com o tonalizante não é possível variar tanto na pigmentação escolhida.

Por conta das razões citadas, a tinta é ideal para quem deseja fazer grandes mudanças nos fios e não quer se preocupar com retoques constantes. Você pode utilizá-la no cabelo virgem ou descolorido.

Porém seja com o tonalizante ou a tinta, é importante ter cuidados pré e pós-química para evitar que os fios fiquem quebradiços, fragilizados e venham a sofrer com problemas posteriores.

Cuidados na hora de mudar a cor do cabelo

Existem vários questões que devem ser observadas no momento de tingir os fios. Aqui estão listadas as principais.

1. Usar produtos de qualidade

Escolher qualquer produto apenas pelo preço pode trazer muitos problemas. Sendo assim, antes de fazer uma compra procure informações na internet: veja vídeos de outras pessoas que tenham usado a marca e informe-se sobre os ingredientes que compõem o produto.

2. Descobrir se a descoloração é mesmo necessária

Descolorir os fios é preciso quando você quer mudar a cor de um cabelo virgem escuro para aplicar uma tinta muito mais clara. Para isso o processo retira os pigmentos do fio, porém também acaba levando embora nutrientes importantes.

Sendo assim, sempre faça um teste de mecha antes de realizar o procedimento e, preferencialmente, procure um profissional especializado. Também se lembre: a descoloração não deve ser usada em cabelos já previamente tingidos, alisados ou com outros processos químicos.

3. Dar uma pausa mínima entre as mudanças de cor

Os cabeleireiros explicam que depois da tintura, o cabelo fica fragilizado e com fissuras. Por isso é preciso aguardar um tempo mínimo para que a fibra se recupere. Em geral, esse período varia de 20 a 30 dias.

4. Investir em processos de reconstrução capilar

Para repor os nutrientes do cabelo é importante realizar tratamentos reconstrutivos e nutritivos semanalmente. Assim você ajuda seus fios a se recuperarem mais rapidamente das agressões sofridas.

5. Fazer hidratações regularmente

Além da reconstrução, os processos de hidratação são muito importantes para selar as cutículas, devolver o brilho e a maciez aos fios. O ideal é usar produtos a base de óleo, como máscaras enriquecidas com argan e óleo de coco. Faça o procedimento a cada 15 dias.

6. Não usar produtos de limpeza profunda

Xampus de limpeza profunda agem de forma intensa nos fios e tendem a ressecá-los. Se você mudou a cor do cabelo, passe longe desses produtos. Caso contrário seus fios tendem a ficar mais danificados.

Alguns cabeleireiros indicam, inclusive, levar o cabelo apenas com condicionadores específicos para limpeza e deixar o xampu para lavagens em períodos quinzenais.

7. Usar produtos com proteção solar

Finalizadores com proteção solar evitam que o cabelo sofra mais agressões, principalmente depois do processo de tingir os fios. Assim sempre opte por produtos com esse benefício na hora de investir em tratamentos capilares.

8. Evitar secador e baby liss

Equipamentos que transmitem calor aos fios vão causar agressões, e isso será mais intenso se você acabou de mudar a cor do cabelo. Dessa forma evite usar secadores, baby liss, chapinha e outros produtos similares por pelo menos um mês depois da tintura.

Com todos os cuidados que ensinamos ao longo do artigo, será bem mais fácil aproveitar apenas os benefícios de pintar os cabelos sem danificá-los. Portanto coloque em prática as dicas citadas e renove seu visual sem medo.

Gostou do artigo de hoje? Então, continue acompanhando o site e aprenda a cuidar cada vez melhor de seu cabelo.